De borla

A atitude é frequente, mesmo que nem sempre chegue ao roubo: uns rabiscos, umas linhas, fazem-se sem trabalho nenhum. E depois publicam-se no livrinho, ou na revista, ou no catálogo, e até é bom para a divulgação, não é? Direitos de autor? Isso é para os grandes.
Foi assim que o Pedro Vieira viu uma ilustração da sua lavra publicada num livro da Tribuna da História sem que ninguém lhe tenha dado cavaco. Injustificável.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s