Paradoxos da Instituição Literária

O curso livre Paradoxos da Instituição Literária: Ideologia, Política, Criação, da responsabilidade de Silvina Rodrigues Lopes e Golgona Anghel, começa já esta quinta-feira, na Faculdade de Ciências Sociais e Humanas (UNL – Lisboa).

O curso pretende apresentar elementos fundamentais da actualidade sobre as relações entre a literatura e a filosofia. Neste sentido, convocámos vários especialistas nacionais, de várias universidades e diferentes departamentos. Se por um lado, será problematizado o estatuto filosófico da literatura, por outro lado a própria filosofia será exposta às suas formas mais marginais e anódinas. Por momentos, serão apontados os efeitos «intra-filosóficos» da literatura; haverá até um certo desconcerto, uma certa gravidade quando, por exemplo,”Beckett jouerait à penser”, mas será precisamente nesses lugares periclitantes, na sua violência, na sua vertigem que o próprio pensamento se verá lançado noutras linhas de fuga.

São seis sessões (25 de Março, 8, 15, 22 e 29 de Abril e 6 de Maio). Informações aqui ou aqui.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s