O fim das cartas

A propósito da edição da correspondência de Saul Bellow, Peter Geoghegan escreve sobre o abandono das cartas manuscritas (substituídas pelos e-mails e pelas quinhentas e cinquenta novas formas de comunicar, preferencialmente em rede, que aparecem semanalmente). Para ler aqui, no Guardian.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s