Cadernos de férias

Vi-o duas vezes. A primeira, descendo a rampa para a praia, à noitinha. A segunda, pela manhã, enrolando o seu saco-cama e preparando-se para partir. Sempre sozinho. Das duas tive a certeza que era Tadzio, de A Morte em Veneza, dez anos depois.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s