Memórias em Campo


(Herta Müller, Tudo o que eu tenho trago comigo, Dom Quixote)

A criação dos muitos ‘campos’ que a história guarda e o presente continua a deixar existir encontra justificações diversas, dos campos de concentração nazis aos campos de trabalhos forçados soviéticos, dos campos de reeducação chineses ou norte-coreanos aos campos de despejo de emigrantes ilegais que a Europa esconde em algumas fronteiras. Mas para lá das diferenças de contexto, persistem os elementos comuns, alheios ao debate sobre se a crueldade e a humilhação foram mais ou menos duras neste ou naquele campo.

As experiências de alguns sobreviventes têm alimentado um conjunto de livros que, para além da importância documental, ensaiam reflexões sobre a privação da dignidade e sobre o modo como o poder absoluto de um ser humano sobre outro produz atrocidades que só a custo associamos à natureza humana. Tudo o que eu tenho trago comigo resulta de várias conversas da autora com Oskar Pastior, um sobrevivente dos campos soviéticos após a II Guerra. O narrador, Leopold Auberg, tem dezassete anos quando é deportado para um campo de trabalho na Ucrânia, onde passará os cinco anos seguintes. O modo como regista essa experiência faz deste um romance peculiar por entre o vasto corpus da literatura associada aos campos: onde a denúncia tinha todos os motivos para se impor como discurso, Herta Müller desfia uma narrativa que se alimenta do pormenor, do quotidiano e, sobretudo, de uma poética fortíssima que faz dos tormentos metáforas, ocupando o vazio com a linguagem. O anjo da fome, omnipresente, a imagem da bagagem que o jovem Leo transporta (na pequena mala e dentro de si) ou a herança que guarda do campo, quando, anos depois, analisa o seu modo de comer, resultam num discurso mais eficaz e universal do que a simples (se simples se pode chamar) descrição da dureza e dos motivos da sua imposição.

Sara Figueiredo Costa
(texto publicado na Ler, nº94, Set.2010)

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s