Correntes d’Escritas 2011: coisas que ficam, como alguns livros

Conversas pela noite dentro, sem que o cansaço e as olheiras que ameaçam se intrometam, pequenas partilhas descobertas sem se dar por isso, escritores que se sentam a conversar com leitores, muitas vezes sem nunca os terem visto antes e talvez sem saberem se os voltarão a encontrar, a certeza de que nos encontramos sobretudo nos momentos fugazes, tanto como nas páginas de alguns livros.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s