Recortes, ficheiros e outras coisas que foram ficando à espera

Desde a semana que antecedeu o Festival Literário da Madeira, esta escriba ainda não parou e o tempo para arrumar, na cabeça e na biblioteca, as coisas que foram sendo lidas e ouvidas, é apenas uma espécie de miragem. Tentando começar a colocar alguma ordem neste caos, aqui ficam os links para dois programas de rádio que foram transmitidos a partir do Funchal, durante o Festival Literário da Madeira: Ensaio Geral, de Maria João Costa (Rádio Renascença) e Outros Tons, de Ana Daniela Soares (Antena 2).

Já no regresso do Funchal, um texto ficou a pairar por sobre a papelada e, depois de duas ou três releituras, ainda por aqui anda, quase como se fosse um retrato perfeito de um certo quotidiano… Falo de “E enquanto os brasileiros escrevem os portugueses contam tostões”, a crónica Atlântico Sul, de Alexandra Lucas Coelho, do dia 18 de Março. Lê-se: “Sento-me com outros amigos em Lisboa que escrevem, entre outras coisas, algumas penosas e mal pagas, algumas nunca pagas, milhares de euros ao ar. Não vem da crise, é uma exploração antiga: escrever não é trabalho e o tempo de quem escreve não é tempo. O tempo dos gestores é dinheiro, como o dos canalizadores, mas quem escreve não paga luz, não tem fome, não tem família, não precisa de seguro, de segurança social, nem, mais à frente, de pagar o funeral. Uma espécie de sobrehumano ao serviço da cultura. Portugal é assim um país de poetas ricos, escreveu Nuno Moura, poeta que podia dizer sobre isto o que nem imagino.” E lê-se muito mais, pelo que o melhor é irem até aqui, se falharam a edição em papel.

Por falar em papel, a nova versão do Público mereceu aplausos no Cadeirão, sobretudo a transformação da Pública, ao Domingo, agora um encontro feliz com o P2. Espaço para a reportagem e a entrevista longas, crónicas para muitos gostos (e algumas muito apetecíveis, como as de Isabel Coutinho e Manuel Jorge Marmelo, em alternância, para além do Atlântico Sul, de que falei no parágrafo anterior, que já era leitura semanal aos Sábados, e que agora passou para o Domingo).

Nos próximos dias talvez se arrumem mais coisas, mas para já ficam estas.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s