Clarabóia e Lucerna, na Fundação José Saramago

Daqui a pouco, pelas 11h00, a Fundação José Saramago integrará as comemorações do Dia Mundial do Livro mostrando ao público os cadernos de apontamentos onde pode acompanhar-se o nascimento de Clarabóia, romance de Saramago que permaneceu inédito até ao ano passado.

Segue-se a apresentação de uma curta-metragem sobre Clarabóia e a cidade de Lisboa, com realização de Miguel Morales e textos de Fernando Gómez Aguilera, e a apresentação do número zer0 da revista digital Lucerna, que a FJS passa a disponibilizar mensalmente. Aqui terei de invocar a figura da declaração de interesses, já que faço parte da redacção da Lucerna, mas não queria deixar de dizer que é bom ver (e ajudar a) nascer uma revista sobre livros e sobre os muitos temas que os livros permitem, ainda por cima em tempos onde nada parece conseguir vingar. A partir de hoje, a Lucerna estará disponível para descarga gratuita no site da FJS, em formato PDF, bem como na loja Apple, num formato amigo de iPads.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s