Do reconhecimento e da falta dele

Artigo de Maria Teresa Góis, no Diário de Notícias da Madeira, a propósito da carta que as gentes do livro endereçaram aos senhores Presidente da República, Primeiro-ministro, Secretário de estado da Cultura, representante da República para a RAM, Presidente do Governo Regional da Madeira e ao Secretário Regional de Educação e Cultura da RAM, solicitando o reconhecimento público do trabalho do Sr. Jorge Figueira, Livreiro da Esperança, reconhecimento que não foi reconhecido, digamos assim. Para ler aqui (via Encontro Livreiro).

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s