25 anos de Quetzal

A Quetzal celebra hoje 25 anos de existência com o lançamento de A Piada Infinita, de David Foster Wallace (traduzida por Salvato Telles de Menezes e Vasco Teles de Menezes), uma edição que alguns apontam como arriscada (sempre são umas mil e tantas páginas, ao preço correspondente), mas que os leitores de bons livros agradecerão. Ali ao lado de A Piada Infinita, na fotografia, está o Sonhos de Sonhos, de Antonio Tabucchi, uma edição da responsabilidade de Maria da Piedade Ferreira, de 1993, que é capaz de ser o mais antigo livro da Quetzal que comprei (mas também é possível que uma busca mais atenta às estantes revele outros, anteriores). À equipa da Quetzal, e à sua actual editora, Lúcia Pinho e Melo, os votos de felicidades que são devidos.

Anúncios

One comment

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s