FilBo 2013

20130427-191751.jpg

Ontem, ao fim da tarde, era este o ambiente no Pavilhão de Portugal: gente a perder de vista em todos os espaços e muita gente a comprar livros no espaço central. José Saramago e Fernando Pessoa são autores muito falados e cujos livros são muito procurados. Uma nota pitoresca: sempre que um grupo de portugueses pára a conversar, há meia dúzia de colombianos que se aproximam e ficam a ouvir, não por bisbilhotice, mas por vontade de ouvir falar português.

Anúncios

4 comments

  1. Sim, de facto deve ser uma coisa raríssima para um colombiano: ouvir falar português. Se ao menos houvesse, sei lá, um grande país lusófono na América Latina ou se houvesse portugueses a viver em Bogotá… Bem-hajam, vós os portadores do falar português que espalhais a dicção de Camões e Eça por entre os indígenas e os pagãos! Deus vos proteja nessa sagrada missão em nome da Pátria!

  2. Caro anónimo,
    missões sagradas ou em nome da pátria (como, aliás, a própria pátria) dizem-me tanto como trocas de galhardetes com gente que se mantém escondida, ou seja, nada. Quanto aos colombianos, ficará feliz por saber que aqueles com quem falei deixaram claro que a sua curiosidade com o português que falamos é grande, porque lhes soa como uma língua totalmente diferente da que ouvem aos brasileiros – os que ouvem, porque de Bogotá até à fronteira com o Brasil vai uma grande distância e, imagine,o contacto que se faz entre ambos os lados nessa fronteira faz-se entre as tribos que habitam a selva amazónica e não chega até aqui. Outro tipo de contacto não é assim tão frequente, como disse o presidente da Câmara acolombiana do Livro. Sobre tudo isto poderá ler mais tarde, ainda que eu não perceba porque continua a perder tempo a ler-me se o desprezo é tão grande. Há mais blogs por aí, e livros, e jornais, e espaço para os ler e para os criar, para poder dizer de sua justiça.

  3. E você a dar-lhe com o “anónimo”. Anónimo significa ausência, negação de nome (o sufixo a- tem essa função). Poderá ser essa obsessão com esse tal “Pedro”? Mas quem é ele? Começo a ficar curiosa… Fico à espera do próximo episódio.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s