Prémio Calouste Gulbenkian: Biblioteca de Alexandria

A Biblioteca de Alexandria e o seu director, Ismail Serageldin, foram distinguidos com o Prémio Calouste Gulbenkian 2013. No Diário de Notícias de ontem, lê-se a justificação:

Nas palavras do júri, a Biblioteca de Alexandria “é única”, no sentido em que representa uma entidade egípcia “com dimensão internacional cuja missão é ser um centro de aprendizagem, tolerância, diálogo e compreensão entre culturas e povos, bem como uma instituição líder da era digital”.

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s