De regresso

Este ano, as férias foram um pretexto para desligar a net e o silêncio soube tão bem que resolvi esticá-lo por mais uns dias. Ao contrário do que imaginamos, tudo funciona bem sem uma ligação virtual ao mundo e sem computador: há blocos e cadernos onde escrever, livros e lápis para sublinhar as leituras, jornais e revistas para ler e recortar o que não se quer perder de vista, mais livros na estante para tirar dúvidas, consultar, saltar para outras leituras. Enfim, agora acabou e a chamada normalidade já está de volta. O Cadeirão, idem.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s