Manuel Medeiros (1936-2013)

20131023-113002.jpg

Manuel Medeiros, o Livreiro Velho, morreu esta manhã, em Setúbal, a sua segunda terra, a terra onde deu forma e grandeza à livraria Culsete, ao lado de Fátima Ribeiro Medeiros. Por agora fica a triste notícia, a confirmar que os Outonos nos roubam sempre qualquer coisa. Mais adiante será tempo de alinhar palavras para a homenagem devida, sabendo que a memória guardará sempre o que a morte leva, mesmo que isso seja fraco consolo para uma perda.

À família de Manuel Medeiros e aos amigos da Culsete, um abraço aqui do Cadeirão.

Advertisements

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s