Finalistas do Prémio Casino da Póvoa/ Correntes d’Escritas

correntes_de_escrita

Estão apurados os 15 livros finalistas do Prémio Literário Casino da Póvoa/ Correntes d’Escritas 2014. Ei-los:

A Instalação do Medo, Rui Zink (Teodolito)
A Luz é Mais Antiga que o Amor, Ricardo Menéndez Salmón (Assírio & Alvim)
A Maldição de Ondina, António Cabrita (Abysmo)
A Sul. O Sombreiro, Pepetela (Dom Quixote)
A Vida no Céu, José Eduardo Agualusa (Quetzal)
Caligrafia dos Sonhos, Juan Marsé (Dom Quixote)
Dentro de Ti Ver o Mar, Inês Pedrosa (Dom Quixote)
Diário da Queda, Michel Laub (Tinta da China)
Metade Maior, Julieta Monginho (Editorial Estampa)
O Filho de Mil Homens, Valter Hugo Mãe (Alfaguara)
O Retorno, Dulce Maria Cardoso (Tinta da China)
Pai, Levanta-te, Vem Fazer-me um Fato de Canela, Manuel da Silva Ramos (A.23 Edições)
Quando o Diabo Reza, Mário de Carvalho (Tinta da China)
Um Piano Para Cavalos Altos, Sandro William Junqueira (Caminho)
Uma Mentira Mil Vezes Repetida, Manuel Jorge Marmelo (Quetzal)

O vencedor será decidido em reunião de júri no dia 19 de Fevereiro e anunciado no dia seguinte, no Casino da Póvoa de Varzim, na abertura da 15ª edição das Correntes d’Escritas. Do júri fazem parte Isabel Pires de Lima, Carlos Quiroga, Patrícia Reis, Pedro Teixeira Neves e eu própria, facto pelo qual não farei qualquer comentário sobre preferidos, claro está.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s