O Fascismo dos Bons Homens

IMG_1196.JPG

Se estiverem pelos lados de Coimbra, não percam isto logo à noite. O Fascismo dos Bons Homens é levado à cena pelo Trigo Limpo/Teatro ACERT, adaptado e encenado por Pompeu José a partir do romance A Máquina de Fazer Espanhóis, de Valter Hugo Mãe. É uma daquelas peças em que se entra a pensar na vidinha e se sai com um nó nas entranhas e o cérebro em velocidade furiosa. Não é um programa divertido para sexta-feira à noite? É capaz de não ser, mas desde Aristóteles que conhecemos a importância de uma catarse bem feita. Esta é assim mesmo, pronta para arriscar o abismo.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s