Sobre editoras e livrarias independentes

IMG_1245.JPG

Um texto de Gonçalo Mira para ler, reler e apregoar a propósito da edição independente, do modo como é fácil atacar sem conhecer, das redes que vão crescendo à margem dos supermercados de livros: “Não são os pequenos editores que fecham as portas a quem vem de fora, são as pessoas de fora que não se interessam em vir espreitar o que se faz. Se os leitores acreditam que tudo o que existe está na Fnac, é porque os leitores são preguiçosos e porque a imprensa não mostra o que há para além disso. Quem centraliza não são os editores independentes, são os grandes que engolem tudo e querem fazer crer que existem sós no mundo.” Ler na íntegra aqui.

Na imagem, a livraria A das Artes, em Sines, um das muitas que vendem edições escolhidas a dedo pelos seus livreiros e onde os livros das tais editoras independentes não precisam de regatear espaço.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s