Pescadores de Macau

peixe

No Porto Interior, as tancareiras que fizeram de Wenceslau de Moraes um voyeur desavergonhado, espreitando a vida quotidiana dos pescadores e respectivas famílias a bordo, já não existem. Pescadores em Macau, aliás, é coisa do passado, pelo menos no que me é dado a ver. Sobram as bancas de peixe seco, muito mais barato do que nas ruas tomadas pelos turistas na zona das ruínas de São Paulo, o movimento nos armazéns de alguns cais e as lojas que persistem na venda de cordas, anzois, isco. Não sei quem os comprará, já que pescadores, nem vê-los.

 

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s