A Colecção Privada de Acácio Nobre

acacionobre

Patrícia Portela
A Colecção Privada de Acácio Nobre
Caminho

DESPOJOS DE UM SÉCULO

Acácio Nobre já estava entre nós quando o século XIX escutou o dobre de finados. Por aqui continuava quando o novo século entrou, primeiro com um optimismo que parecia contagiante e inquebrável, depois com o estrondo de uma guerra devastadora, a que se seguiu a derrocada da economia, a ascensão dos fascismos, uma nova guerra. O catálogo de documentos de tipologia variada que este livro reúne confirma-o como figura central do século XX, um homem que não se deixou travar pelas fronteiras e que colocou a cultura portuguesa no centro da Europa, levando e trazendo ideias, dúvidas, vontades. Criador de puzzles e jogos didácticos que assumiam a geometria como conhecimento essencial para o desenvolvimento da criatividade e da cidadania, Acácio Nobre deixou obras fundamentais escondidas nas dobras do tempo.

O volume que agora se publica é um catálogo detalhado do espólio que Patrícia Portela terá encontrado numa arca, na cave da casa dos seus avós. As entradas descrevem os itens desse espólio, classificando-os e reproduzindo, em imagens, alguns deles. Para além deste inventário descritivo, a autora acrescenta informações biográficas, esclarece detalhes menos claros e relaciona os dados que podemos extrair de cada entrada com outros, mais ou menos conhecidos. Há cartas de e para Acácio Nobre, esboços dos seus projectos para puzzles e jogos, desenhos, apontamentos dispersos e muitos manuscritos que ficaram, até agora, inéditos. A partir de certa altura, há também cartas trocadas entre Patrícia Portela e Alva, companheira de vida de Acácio Nobre, presença constante no espólio acaciano e na narrativa que este livro constrói a partir dele. Criando um objecto de difícil (e desnecessária, acima de tudo) classificação genérica ou de outra ordem, Patrícia Portela transforma a estrutura de um catálogo, respeitada no modo padronizado de apresentar as entradas e as descrições de cada item, numa linha narrativa que conta a história da vida de Acácio Nobre a partir do que dele ficou, cruzando diferentes linguagens – a verbal, naturalmente, mas também a visual, com as reproduções dos quadros e ilustrações, para além de fotografias e planos de máquinas, objectos, invenções concretizadas ou por concretizar.

Nenhum extra-texto deste catálogo nos confirma ou desmente a possibilidade de Patrícia Portela ter inventado Acácio Nobre. O homem esquivo que trocou versos com Bernardo Soares, que conhecia a importância do jogo na formação da personalidade, que nem dos seus próprios confrades de colectividade era realmente conhecido, pode ou não ser um personagem. Não há falta de verosimilhança que lhe manche a estrutura, mesmo que possa causar desconfiança a proliferação de encontros que teve com gente cujo nome a História não esqueceu ou o modo como a sua presença no mundo foi registada – da influência que terá tido em Melville para a criação de Moby Dick à descrição feita pela PIDE, na sua ficha, que o apresentava como “alpinista, monge tibetano, macrobiótico, dandy, conhecedor de religiões pré-colombianas (…)”. Apesar disso, os alibis confirmam-se numa teia coerente de dados, histórias e documentos em confronto, deixando à desconfiança tanto espaço para a combustão como para a extinção. Em boa verdade, depois de lermos atentamente a descrição dos documentos e objectos constantes neste espólio e estabelecermos entre eles as relações possíveis e impossíveis, talvez não seja disparatado questionar se não foi Acácio Nobre a inventar Patrícia Portela.

Sara Figueiredo Costa
(texto publicado na Blimunda, Maio 2016)

Anúncios

One comment

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s